(31) 3769-1919

SEGUNDO DIA DE CURSO DE CAPACITAÇÃO ABORDA OS TRABALHOS DO MEIO ACADÊMICO JUNTO AO CONSELHO TUTELAR

Publicado em 12 de fevereiro de 2020

Com o intuito de promover um maior conhecimento de trabalho para os Conselheiros Tutelares da região, no último dia 08 ocorreu a segunda etapa do Curso de Capacitação. Com a pareceria da Faculdade de Direito de Conselheiro Lafaiete (FDCL) e o Centro de Ensino Superior (CES-CL), nesta fase foram abordados temas de mecanismos de trabalho dos conselheiros e como a comunidade pode contribuir.

De acordo com a Presidente do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Sra. Nizia Ramos, os cursos foram abertos para outras cidades que pertencem à Comarca e a parceria com as faculdades foram essenciais para que todos tivessem a oportunidade de participar. “É exigido que todos os conselheiros realizem esse curso no início do mandato, e então, em conversa com a Promotora de Justiça, Dra. Liliale Ferrarezi Fagundes, ela sugeriu que nós fizéssemos essa capacitação para os outros municípios, porque é mais difícil para as demais cidades arcarem com uma capacitação, ainda mais desse nível. Felizmente, nós tivemos a parceria da Faculdade de Direito e do CES, ofertando o curso gratuitamente para todos os municípios, conselheiros e suplentes”.

 

ABORDAGEM E PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS

No segundo sábado de curso, a Professora da FDCL, Jaine Glaucia Teixeira Ank, abordou sobre a Núcleo de Prática Jurídica, departamento da própria instituição de ensino que, por meio de vários convênios, incluindo o Conselho Tutelar, presta serviços à comunidade. “Informei com mais clareza como funciona o Núcleo e como pode ser uma ferramenta benéfica para o Conselho Tutelar”.

Além disso, Jaine acrescenta que a participação dos alunos no Núcleo e junto ao Conselho Tutelar é de grande valia. “É papel duplo, enquanto a gente presta serviço para comunidade, os nossos alunos estão adquirindo senso crítico para bem exercer a profissão quando eles terminarem o seu curso. E atuando dessa forma conjunta, vários são os momentos que mais nos tocam, como quando chegam encaminhamentos de meninas de 15, 16 anos que já são mães, bem como aqueles casos em que os avós estão com a guarda da criança.  Nós prestamos uma assistência para que essa mãe possa exercer seu papel de mãe e, ao mesmo tempo, também prestamos um papel social, tentando encaminhar a adolescente para a escola.”.

Já a Promotora de Justiça, Dra. Liliale Ferrarezi Fagundes, enfatiza que é importante não só para os conselheiros, mas também para os alunos das faculdades parceiras também participarem da capacitação. “É sempre muito bom envolver o mundo acadêmico, envolver os futuros profissionais, os alunos que amanhã ocuparão os cargos que hoje estão sob a nossa responsabilidade, como é o caso de Conselheiro Tutelar e Promotor de Justiça. Então é interessante que eles comecem a ter essa participação desde já”, finaliza.

O último dia do curso de capacitação para conselheiros tutelares será no próximo sábado, 15 de fevereiro.

A FDCL apoia causas sociais.

Compartilhar

Acesso Acadêmico