(31) 3769-1919

Aprovados na OAB

Publicado em 30 de junho de 2022

Entrevista com o Lucas Henrique Pereira de Angelis, falando um pouco da sua trajetória até a aprovação.

Como foi a sua preparação para o Exame da OAB?

Inicialmente, busquei conhecer o edital do exame, bem como os meus pontos fortes e fracos dentro da matéria a ser cobrada, para assim conseguir planejar a minha rotina de estudo dando a ênfase necessária as minhas maiores dificuldades.
Após, procurei me adaptar a uma rotina mais densa de estudo, habituando-me a estudar diariamente um número de horas superior ao que estava acostumado.

Ademais, conhecendo a forma de estudo que mais se encaixa ao meu perfil, optei por não me inscrever em “cursinhos”, priorizando a leitura de livros, inclusive, a biblioteca da FDCL possui em seu acervo ótimas opções para quem visa a aprovação na OAB.
Na oportunidade, indico para a primeira fase da OAB o livro “OAB 1ª Fase – Coleção Esquematizado” do autor Pedro Lenza, por ser um livro que versa sobre todas as matérias que caem no exame de forma objetiva e bem direcionada.

Outro fator essencial, principalmente para a primeira fase do exame, é a realização de questões dos exames anteriores, dessa forma, o examinando conseguirá notar os temas com maior recorrência, tal como a forma em que a banca examinadora cobra a matéria.

 

Quais foram as maiores dificuldades que você teve na sua preparação?

O exame da Ordem dos Advogados, de certo modo, é marcado pelo grande esforço que os examinandos demandam ao estudo. No entanto, além dos estudos, outro fator fundamental é o controle emocional.

Sabemos que atualmente é extremamente comum estudantes que, durante a realização do exame, são afetados pela ansiedade, pelo nervosismo e outras questões emocionais que dificultam o desempenho em momentos de estresse. Afinal, quando estamos a falar sobre o exame da ordem, devemos lembrar da grande pressão psicológica colocada sobre os examinandos, de modo que o controle emocional se torna uma tarefa ainda mais difícil.

Por tal motivo, acredito que a maior dificuldade decorrente do exame da OAB seja o controle o emocional, para manter-se motivado e focado em seu objetivo.

 

Quais são os conselhos e dicas que você pode dar para quem está se preparando par ao Exame da OAB?

O meu conselho aos próximos examinandos do exame da OAB é sempre se manter positivo e confiar na sua capacidade de conquistar tudo que almeja.

A confiança é essencial para se manter motivado e com energia para os estudos, assim como para, no dia da realização do exame, conseguir ter um bom desempenho, e, consequentemente, evitar o nervosismo e a ansiedade.

É preciso ter em mente que o exame da OAB é só mais um desafio na vida dos estudantes e bacharéis que buscam a advocacia, então o examinando deve se manter calmo.

O examinando deve se lembrar de buscar a forma de estudo que melhor se encaixa ao seu perfil. De igual modo, lembrar-se de que o seu empenho lhe trará os resultados desejados, mas, jamais, se deixe desanimar.

A meu ver, é essencial chegar no dia do exame sabendo que, na medida do possível, você fez o seu máximo, sem se esquecer que é totalmente capaz de conquistar a merecida aprovação na OAB. Confie em si mesmo!

Compartilhar

Acesso Acadêmico

Tamanho texto
Contraste